A partir do dia 20, o Brasil se tornará a meca dos pescadores de todo o mundo

1º Torneio Internacional de Pesca Esportiva será realizado em Goiás e reunirá pescadores brasileiros, japoneses, chineses e argentinos

De 20 a 27 de junho, o Brasil se transformará na “meca” dos mais experientes pescadores do mundo. A pequena localidade de Luiz Alves, distrito de São Miguel do Araguaia, às margens do Rio Araguaia, em Goiás, será o ponto de partida do 1º Torneio Internacional de Pesca Esportiva – GAWFR, evento que atrairá centenas de pescadores provenientes de todas as partes do Brasil e também equipes inteiras dos praticantes da pesca com isca artificial do Japão, China, Argentina, entre outros países.

Todos eles virão dispostos a enfrentar, e vencer, o desafio de capturar seis das maiores espécies de peixes de água doce do mundo – Aruana, Dorada, Piraíba, Pirarara, Pirarucu e Tucunaré. Considerado o primeiro grande torneio de pesca com isca artificial da Amazônia brasileira, o evento, no entender dos organizadores, deverá estimular a prática da pesca consciente que possibilita um convívio harmonioso com a natureza e a preservação ambiental, inibindo e desestimulando a pesca predatória. O vencedor receberá o título de pescador mestre da Amazônia.

Além do desafio e da vontade de vencer a competição, os participantes nacionais e internacionais também foram estimulados a participar do evento pelos aspectos ambientais e de preservação embutidos na proposta do Torneio. Todos os pescadores salientam a grande oportunidade para que eles e todos os envolvidos com o esporte possam conhecer as belezas naturais ímpar da Amazônia brasileira.

As atividades paralelas do 1º Torneio Internacional de Pesca Esportiva envolvem aspectos sociais, ambientais e comunitários, como por exemplo, a realização da “Pescaria Feminina”, que pretende estimular e promover a participação das mulheres no esporte. Também será importante o projeto denominado 100 Pequenos Jornalistas, que tem por objetivo alavancar a inclusão digital de crianças e jovens do distrito de Luiz Alves, onde ocorre o evento.

Os inscritos nesse projeto receberão smartphones da associação GAWFR para que possam filmar a competição, além de gravar entrevistas para futuros trabalhos jornalísticos relatando o Torneio. Os 100 “jornalistas” competirão pela qualidade de suas obras de arte, que serão avaliadas e selecionadas pelo Comitê de Avaliação, organizado pela associação.

A solenidade de encerramento do Torneio ocorrerá no dia 28 de junho, em Goiânia. Nesta data também será anunciado o novo conceito da edição de 2020 da competição.

O 1º Torneio Internacional de Pesca Esportiva foi idealizado pelo japonês Keisuke Onoda, que mora há mais de 23 anos no Brasil e teve inspiração do Paris Dakar para idealizar esse projeto, uma espécie de aliança entre Goiás & Tokyo, que pretende conectar os competidores com os moradores locais, usando equipamentos modernos, técnicas sustentáveis, podendo abrir portas para comércio exterior e oportunidades de turismo na região.

Mais informações:
1º Torneio Internacional de Pesca Esportiva – GAWFR
Data: 20 a 27 de junho de 2019
Local: Luiz Alves, Goiânia

Fonte: Mecânica Comunicação Estratégica