Argélia torna obrigatória apresentação de certificados halal para determinados alimentos

São Paulo – A certificação halal de determinados alimentos passará a ser obrigatória na Argélia. A regra será aplicada gradualmente a partir de junho, segundo informações publicadas terça-feira (02) pela agência de notícias Algérie Presse Service (APS). A lista de produtos que deverão ser certificados vai ser divulgada em breve, de acordo com o diretor-geral do Instituto Argelino de Normatização (Ianor), Djamel Hales.

Para produtos estrangeiros, segundo a APS, a certificado halal deverá ser concedida por entidades habilitadas em seus países de origem e reconhecidas pelo um comitê argelino de acompanhamento da certificação e rotulagem halal, formado por representantes dos ministérios do Comércio, da Agricultura, da Indústria, da Saúde e dos Assuntos Religiosos, além de outros órgãos públicos.

Alimento halal é aquele produzido conforme a tradições islâmica. A certificação é feita por instituições especializadas.

(*) Com informações da ANBA