Argentina aumenta poder de fogo nas exportações de trigo

A Argentina terá 11,30 milhões de toneladas de trigo para exportar nesta safra 2016/17, que se encerra no final de novembro.

É um volume que pode mexer com preços e negociações no Brasil. Duas safras atrás, os estoques exportáveis do país vizinho eram de apenas 4,4 milhões de toneladas.

O Brasil consome 11 milhões de toneladas de trigo por ano. Desse volume, pelo menos 6 milhões vêm do mercado externo, principalmente da Argentina. A produção brasileira deste ano deverá cair para 5,2 milhões de toneladas. Na anterior, atingiu 6,7 milhões.

Os estoques disponíveis para exportação devem continuar elevados na próxima safra, a de 2017/18. Na avaliação do Ministério de Agricultura da Argentina, os produtores vão semear 6 milhões de hectares, enquanto a Bolsa de Cereais de Buenos Aires prevê uma área de 5,5 milhões de hectares.

Se confirmada essa área, a produção argentina de trigo voltará a superar 15 milhões de toneladas. Neste ano, chegou a 18 milhões, segundo o governo. Já a Bolsa estimou volume próximo de 15 milhões de toneladas.

Fonte: Folha de S.Paulo