ARROZ/CEPEA: Indústria ativa e vendedor recuado elevam preço do casca

Com necessidade de repor estoques e atender à demanda dos setores atacadista e varejista dos grandes centros consumidores, parte das indústrias está ativa no mercado para novas aquisições, impulsionando os valores do arroz em casca. Do lado vendedor, boa parte dos orizicultores segue recuada, focada na venda de gado e/ou soja.

Apenas produtores com necessidade de “fazer caixa” e cumprir com pagamentos de safra têm vendido lotes de arroz em casca. Nesse cenário, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, subiu 0,21% entre 13 e 20 de junho, indo a R$ 39,81/sc de 50 kg nessa terça-feira, 20.ço do casca.

Fonte:  CEPEA/ESALQ