Consultoria agrícola: Como expandir e ser ainda melhor

Categoria Geral - 1 de setembro de 2019

Por Henrique Fabrício Placido*

Como entrar no mercado de consultoria agrícola?

Ingressar no mercado de consultoria pode ser um pouco abstrato os profissionais.

Isso porque não se está vendendo um produto físico ou processo único, como um maquinário agrícola ou uma aplicação de calcário!

De modo geral, a consultoria funciona através da identificação e detalhamento de um problema ou oportunidade que uma empresa rural possui. E, em seguida, o consultor agrícola vende a informação que possibilita resolver o problema ou aproveitar a oportunidade.

Essa informação geralmente é materializada na forma de um relatório que detalha, de maneira simples e objetiva, os passos que o empresário rural deve seguir para alcançar seus objetivos.

Só aí temos dois desafios a serem superados: a falta de credibilidade do novo consultor/consultoria por parte dos produtores e a entrada em um novo negócio em um mercado que já está saturado.

Mesmo que você tenha experiências profissionais anteriores, como ser consultor de uma grande empresa, o trabalho em sua própria consultoria é completamente diferente.

Por isso, é muito importante que um novo profissional responda a algumas perguntas antes de se aventurar neste mercado.

1º: Quais serviços vou prestar?

É importante que um novo profissional tenha uma boa capacitação associada a um amplo conhecimento técnico para que suas informações sejam importantes para o mercado.

Atualmente, muito se fala sobre profissionais multitarefas (e outras terminologias).

Porém, no ramo da consultoria agrícola, é importante que o consultor domine plenamente uma área de especialização para que posso atuar com segurança.

Também é importante delimitar quais os tipos de serviços você dará enfoque. Você poderá se especializar em agricultura de precisão, em insetos, em doenças ou em uma cultura em específico, como grãos, café e citros.

Dominar o manejo de pragas do algodão ou manejo nutricional da cana-de-açúcar são alguns exemplos.

Caso o consultor ache importante fornecer outros serviços que complementam o seu, pode formar um time de consultores ou trabalhar em parceria com outras empresas.

2º: Preciso delimitar meu público-alvo?

Sim! É muito importante o consultor delimitar com exatidão os clientes em potencial. Assim é possível melhorar a estratégia de marketing e se especializar, cada vez mais, em resolver os problemas de seu público.

No início, é normal que um consultor preste serviços em uma maior quantidade de áreas.

Porém, é importante se especializar em uma área, como já comentamos você pode ser especialista em determinadas culturas ou determinados serviços, como telemetria ou pragas, por exemplo.

Trabalhe para que quando um produtor rural precise de um serviço nesta área, seu nome seja o mais cotado!

3º: Qual meu posicionamento no mercado?

É muito importante que o consultor saiba exatamente qual seu diferencial em relação ao mercado. Quais benefícios o cliente terá por fazer negócios com você e não com  outras empresas que prestam o mesmo serviço?

Entenda que o diferencial deve ser alinhado com o que o cliente necessita. Diferenciais apenas em relação ao custo do serviço geralmente não são sustentáveis, pois o nível de cobrança por parte do cliente será o mesmo.

Nesse sentido, é interessante que você invista na sua consultoria em soluções mais ágeis, como ao utilizar mais tecnologia e realizar cursos na sua área de especialização.

Além destas 3 respostas, é importante que o consultor saiba precificar o seu serviço.

Por isso, é importante que você tenha em mente o quanto suas soluções trarão de lucro para o produtor rural, estabelecendo um preço pelo serviço que seja interessante para ambas as partes.

Para novos consultores, é muito importante formalizar o negócio. Isso trará mais segurança para você e seus clientes.

consultoria agrícola

(Fonte: EPI USE)

5 dicas para começar sua consultoria agrícola

Se você já sabe que tipo de serviço prestar, quem é seu público-alvo e o posicionamento que quer adotar no mercado, seguir essas 5 dicas pode te ajudar!

Dica 1 – Defina sua especialização

É importante que o consultor domine sua área de atuação e sempre se mantenha atualizado.

Como o consultor estará, na maioria das vezes, resolvendo problemas de seus clientes, deve estar preparado para resolvê-los de maneira eficiente – e o mais rápido possível!

Infelizmente, como a agricultura é muito dinâmica, o consultor pode ter uma janela de atuação pequena para resolver um problema. Por isso, você deve estar preparado.

De acordo com um estudo realizado pelo Laboratório da Consultoria, os atributos profissionais de maior peso no ramo de consultoria são conhecimento e experiência!

Além disso, especializações em áreas correlatas podem auxiliar muito no trabalho. Cursos de gestão de projetos ou marketing são opções!

Dica 2 – Conheça e use boas ferramentas em sua consultoria agrícola

Ter um bom conhecimento das ferramentas do Office é essencial para várias profissões. Para consultores, não é diferente! Se não tem um bom domínio destas ferramentas, busque treinamentos.

Além disso, softwares de gestão de projetos podem auxiliar muito na realização das consultorias. E, assim, fica mais fácil se organizar e entregar um bom trabalho.

Alguns softwares que usam metodologia ágil de gestão de projetos são intuitivos e fáceis de usar, como o Trello.

Também é muito importante que o histórico de informações do empreendimento rural esteja com fácil acesso e organizado. Isso facilita muito o processo de entendimento do problema ou identificação de oportunidades para o negócio.

Com o Aegro, o consultor tem acesso rápido e seguro às informações da fazenda. É possível visualizar as atividades que foram feitas ou estão em andamento e as observações de campo.

Essa pode ser uma boa saída para se diferenciar de seus concorrentes: uma solução tecnológica que dá agilidade e credibilidade aos seus serviços.

consultoria agrícola

Visualizar atividades que estão em curso ou já foram feitas na fazenda é rápido e seguro com o software de gestão agrícola Aegro. Dados ilustrativos

Teste o sistema de gestão agrícola Aegro. Temos algumas opções grátis para você começar agora:

  • Computador
  • Celular Android
  • Celular iOS
  • Utilize seus Pontos Bayer para contratar a versão completa do Aegro.

Dica 3 – Faça uma boa rede de contatos (networking) 

Não é necessário que o consultor domine várias áreas do conhecimento, porém, conhecer profissionais que dominem é um diferencial de mercado.

Manter contato com bons profissionais de diferentes instituições como universidades, órgãos de pesquisa, empresas e outras consultorias facilitará muito a realização de seus projetos de consultorias.

Assim, poderá formar parcerias de trabalho dentro do mesmo projeto ou indicar bons profissionais para resolver problemas para os quais você não está capacitado.

Uma importante ferramenta para ampliar seu networking e divulgar seu trabalho é o LinkedIn.

consultoria agrícola

(Fonte: ICNS)

Dica 4 – Tenha uma boa gestão de pessoas

Durante suas consultorias, você estará lidando com diferentes colaboradores do empreendimento rural, que ocupam diversas posições.

Por isso, mantenha sempre uma postura profissional e ética, tratando a todos com respeito!

Além disso, é importante conhecer as normas do local onde está prestando a consultoria. Utilize os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) exigidos, acesse somentes áreas que têm permissão e etc.

É importante que o consultor entenda que para obter as informações necessárias ou planejar as soluções da consultoria deverá realizar uma boa gestão de pessoas!

Dica 5 – Fidelize seus clientes

A principal forma de divulgação de seu trabalho são clientes satisfeitos! Desta forma, se esforce para cumprir o prazo de entrega com boa qualidade do serviço prestado. Tente superar as expectativas do cliente.

Clientes satisfeitos, com certeza, se fidelizam ao seu trabalho e lhe abrirão portas para diversos outros serviços.

consultoria agrícola

(Fonte: Akna)

Conclusão

Ingressar ou se manter competitivo na área de consultoria agrícola nem sempre é fácil.

Neste artigo, discutimos alguns pontos que você deve considerar para iniciar sua consultoria ou para aperfeiçoar os serviços já prestados.

Vimos também algumas ferramentas que podem te auxiliar no processo de gestão e outros aspectos importantes do processo de consultoria para você se destacar nesse mercado.

Espero que com essas dicas passadas aqui você consiga abrir sua consultoria ou melhorar a competitividade de sua consultoria no mercado!


Outros Artigos