Daqui para frente

Categoria Geral - 18 de julho de 2016

O resumo da safra e da economia brasileira no ano agrícola 2015/2016 aponta o Agronegócio como salvador do país, com um crescimento no seu PIB de 1,8% , enquanto o PIB brasileiro caiu 3,8%, o setor industrial apresentou uma queda de 6,2 % e o o de serviços, com menos 3,3% .

Ou seja, até agora, só o Agronegócio ficou positivo, acima do zero. E mesmo assim, enfrentamos um clima que prejudicou as lavouras, dependendo da região , com excesso ou falta de chuvas…

Tivemos uma queda na produção brasileira de 8,4% nesta colheita, perante a colheita anterior.

Os produtores do MATOPIBA, parte de Maranhão, Tocantins, sul do Piauí e oeste da Bahia, calculam perdas na região de ate três bilhões e novecentos milhões de reais  nesta safra, de acordo com um cálculo da Agroconsult. O que poderá levar a uma redução de área de 560 mil hectares na próxima safra.

O presidente da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia, Julio César Busato, afirma que teremos diminuição de tecnologia nas lavouras, se não contarmos com crédito e uma avaliação mais branda na concessão do dinheiro, por parte dos agentes financeiros.

Estamos chegando no limite do Agronegócio. Daqui pra frente precisaremos de investimentos e planejamento com confiança, seguro rural, além de inovações tecnológicas abundantes.

Por José Luiz Tejon

Jornalista

Outros Artigos