O maior prejuízo de todos

Categoria Geral - 23 de Janeiro de 2017

Produzir alimentos é importantíssimo e a nova safra brasileira deverá ser um novo record, com cerca de 215 milhões de toneladas de grãos.

E continuaremos crescendo na proteína animal, açúcar, etanol , fruticultura, no tomate e na batata, mas o vilão de uma nação é o desperdício de alimentos.

Enquanto uma entre 10 pessoas na terra passam fome e são mal nutridas, 1/3 da produção de alimentos, ou seja 1 bilhão e trezentos milhões de toneladas são jogados fora todo ano. Em 2050 teremos 2 bilhões a mais de pessoas e precisaremos produzir 60% a mais de alimentos.

Toda hora aparece nos nossos noticiários os alimentos computados na inflação, mas o que nunca aparece é o quanto jogamos fora de comida todos os anos, que significa o maior prejuízo de todos…

No Brasil 35 % da produção de alimentos vai, simplesmente para o lixo todo ano.

Vivemos contradições… Os caminhoneiros pressionados por custos, verdadeiros heróis do transporte e da logística mal feita nacional… Mas vejam só o contraste, metade do desperdício dos alimentos no país está exatamente no transporte, 10% na colheita, 30% nos centros de distribuição, supermercados e 10 % no consumo final.

Se transformássemos esse desperdício brasileiro de alimentos em valor, significaria mais de 70 bilhões de dólares jogados no lixo anualmente.

Sustentabilidade não é algo que se faz só com árvores, ou na natureza. Sustentabilidade é não desperdiçar, é ter consciência do valor do alimento desde a colheita até o seu consumo.

Produtores e consumidores conscientes a nova agrossociedade.

Por: José Luiz Tejon

Outros Artigos