15.5 C
Jatai
InícioArtigosCoinoculação, processo essencial para obter alta produtividade de soja

Coinoculação, processo essencial para obter alta produtividade de soja

*Por Bernardo Borges

A coinoculação ganha cada vez mais relevância na agricultura moderna em razão de seus benefícios. Essa prática envolve a aplicação simultânea de diferentes micro-organismos benéficos às plantas, como bactérias e fungos. O objetivo é melhorar a saúde e a produtividade das culturas ao combinar os efeitos positivos de micro-organismos com recursos suplementares – como nutrientes, aminoácidos e hormônios. Na soja, as bactérias dos gêneros Bradyrhizobium e Azospirillum têm apresentado resultados promissores, potencializando o desenvolvimento e aumentando o rendimento das lavouras. 

Pesquisas científicas demonstram que a Bradyrhizobium possui a capacidade de fixar o nitrogênio, de forma que ele possa ser utilizado pelas plantas. Essa bactéria produz nódulos benéficos nas raízes da soja, que permitem a fixação do elemento. Trata-se, portanto, de um processo biológico, que substitui a necessidade de soluções nitrogenadas químicas, proporcionando uma fonte de nitrogênio constante para a planta ao longo do ciclo de cultivo. Em termos práticos, resulta em crescimento mais saudável e sustentável, reduzindo custos e impactos ambientais – diferenciais relevantes em termos de produção com respeito ao planeta. 

A Azospirillum, por sua vez, é uma bactéria promotora de crescimento vegetal que atua de maneira complementar à Bradyrhizobium. Ela também se associa às raízes, estimulando a produção de fitormônios, como a auxina, essencial para o desenvolvimento da soja. A presença da Azospirillum melhora a absorção de nutrientes e água pelas plantas, contribuindo para dar a elas mais vigor e resistência. Sua capacidade de produzir fitormônios acelera a fase inicial do ciclo de vida, resultando em aumento significativo da produtividade das lavouras. Isso, obviamente, é relevante para melhorar cada vez mais as estatísticas da cultura em termos de produtividade. 

De acordo com a estimativa mais recente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com 99% da colheita de soja finalizados, a produção de soja da safra 2023/2004 será de 147,4 milhões de toneladas: 4,7% menor que a anterior (154,6 milhões de toneladas). A companhia salienta que, apesar da variação negativa, os resultados “podem ser considerados satisfatórios diante dos extremos climáticos que acometeram diversos estados” dedicados ao cultivo, “mostrando a capacidade técnica dos produtores nacionais de estar preparados para enfrentar diversas situações”. 

Nesse sentido, adotar a coinoculação tem mostrado resultados positivos para os agricultores: crescimento mais rápido superior das plantas, rendimento maior, com benefícios à saúde vegetal – especialmente em relação à resistência a doenças e a condições adversas. Mas para que a técnica seja eficaz a aplicação dos coinoculantes deve ser feita de maneira que os micro-organismos tenham condições ideais para sobrevivência e multiplicação. O uso diretamente nas sementes é uma das opções. Essa prática garante que as bactérias benéficas estejam presentes desde o início do ciclo, maximizando seus efeitos no desenvolvimento da cultura. 

Podemos afirmar, categoricamente, que a coinoculação não é apenas uma tecnologia avançada, mas uma solução para os desafios agrícolas modernos. Por isso, a BRQ Brasilquímica tem se dedicado à sua disseminação. Com mais de dez anos de experiência na produção de inoculantes, ela se destaca pela alta qualidade e eficiência do portfólio, que é diversificado, incluindo formulações de Bradyrhizobium e Azospirillum. Com isso, garantimos que os agricultores tenham acesso às melhores soluções tecnológicas para suas lavouras de soja – que, aliás, exigem grandes quantidades de nitrogênio. 

*Bernardo Borges, mestre e doutor em agronomia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), pós-doutor pela Universidade de Edimburgo e gerente técnico da BRQ Brasilquímica. 

Fonte: Viviane Texto comunicação

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas Publicações

ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS