Economista da Esalq afirma que o ILPF ajudou a triplicar a produtividade da pecuária brasileira

Segundo o palestrante, que participou da Campo Grande Expo, enquanto a pecuária convencional alcança uma produtividade média de 8 arrobas por hectares, no ILPF a média chega a 28 arrobas por hectares

Graças ao sistema Integração Lavoura Pecuária e Floresta (ILPF), a produtividade da pecuária brasileira experimentou expressivo crescimento nos últimos anos. Recentes levantamentos indicam que, enquanto a produtividade média da pecuária convencional chega a 8 arrobas por hectare, no sistema de produção ILPF, a média alcança até 28 arrobas por hectare, um aumento superior a três vezes. Os dados foram analisados durante a palestra Agronegócio Brasileiro: Desafios e Oportunidades, proferida por Thiago Bernardino de Carvalho, economista agroindustrial do Cepea – Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Esalq – Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz durante a Campo Grande Expo, que está sendo promovida em Campo Grande/MS até a próxima sexta-feira (20).

“Só que, para se atingir esse patamar de elevada produtividade, o produtor necessita alterar toda a gestão do seu negócio, pois nesse sistema tudo é diferente. Desde a parte financeira, passando pela forma de correção do solo até o processo de capacitação dos profissionais”, explicou o palestrante.

Para Carvalho, o País tem todas as condições de conseguir saltos de produtividade semelhantes aos alcançados devido ao sistema ILPF também em outras culturas. “Claro que temos grandes desafios pela frente: são gargalos na área de infraestrutura e logísticas, incertezas em questões jurídicas, além de uma visão equivocada por parte de um segmento da sociedade, em relação, por exemplo, aos defensivos agrícolas”, afirmou o palestrante. Segundo Carvalho, dados da Andef – Associação Nacional de Defesa Vegetal confirmam que, de 1960 até 2014, houve uma redução de 160 vezes nos níveis de toxicidades dos defensivos utilizados na agricultura brasileira. “No entanto, o que se vê na discussão é uma campanha de desmerecimento do produtor rural, que é classificado, por certo segmento da sociedade urbana, quase como um vilão”, concluiu o professor.

Campo Grande Expo, que reúne, numa área total de 20 mil m2, 80 marcas e tem previsão de atrair um público da ordem de 20 mil visitantes, prosseguirá até a próxima sexta-feira, dia 20, das 8h às 20h30, no Terra Nova Eventos (Rod MS 080, Sn, Quadra: 0 Area; Lote: 0A2 – B). Na tarde desta terça-feira (17), a exposição prevê uma série de palestras.

ACOMPANHE A SEGUIR A PROGRAMAÇÃO PARA QUARTA-FEIRA- 18 DE JULHO

18 de julho

Dia da Mulher do Agro

  • No Campo

8h – Curso Técnico: Manejo nada nas Mãos, com a médica veterinária, Adriane Zart;

Local: Mangueiro ao fundo da feira
10h30 – BROWMAN

Demonstrações das máquinas KRONE para produção de feno e pré secado (pasta ao fundo da feira, acesso estrada atrás do Tatersal)

11h – GERMIPASTO

Demonstração de regulagem e precisão da semeadora VC-TEC (pista de Test Drive de máquinas)

11h30 – Test Drive Trator New Holland com agricultura de precisão e piloto automático, tecnologia de GPS e sinal (pista de test drive de máquinas)

14h – MCHALE

Demonstrações dos equipamentos MCHale para produção de feno, palha e pré secado (pasta ao fundo da feira, acesso estrada atrás do Tatersal)

16h – GERMIPASTO

Demonstração de regulagem e precisão da semeadora VC-TEC (pista de Test Drive de máquinas)

 

Sala Certfica Agro

8h – Curso: Formação e Manejo de Pastagens – Implantação, Adubação, Manejo, Instalações – Boviplan – Primeiro dia (duração de 2 dias)

  • Tatersal

PAINEL DE LÍDERES PARA TROCAS INTELIGENTES

8h30 –

Painel I: Lideranças Femininas do Agronegócio

Teka Vendramini – produtora rural e diretora da Sociedade Rural brasileira;

Dora Iedi Toniasso Bileco – produtora rural, arquiteta e urbanista;

Maria Eloá de Souza Rigolin – zootenista e empresária;

Leda Garcia de Souza – zootecnista;

Roberta Maia – administradora e gerente de capital humano da Servsal;

Andreza Pollato – Secretária Nacional de Mulheres da Presidência da República;

9h30

Painel II: Mulheres em Situação de Violência no Campo

Leyde Alves Pedroso – advogada

Dora Bileco – produtora rural

Carla Stephanini – advogada, especialista em gêneros e políticas públicas;

Luciana Branco Vieira – advogada, coordenadora do Centro Oeste da ABMCJ- Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica.

10h45

Painel III: Constelações Sistêmicas na Vida e nos Negócios

Maria Eloá Rigolin – zootecnista

Gheany Calasans Belmonte Murakami – psicóloga atuante no Direito Sistêmico do Judiciário;

Fernanda Correa Cava – psicóloga

14h

IV Congresso Nacional das Mulheres do Agro

Renata Camargo – coordenadora geral do Congresso Nacional de Mulheres do Agro

Alessandra Piano – coordenadora da Campo Grande Expo

14h45

Painel V: Jovens do Futuro do Agro MS

Teka Vendramini – diretora da Sociedade Rural Brasileira e produtora rural

Elisangela Domenis Marino – acadêmica de veterinária

Aline Myumi Kimura da Silva – acadêmica de veterinária

Eloisa Natana Cupertino de Lima – acadêmica de administração

Amanda Rocha – zootecnista com especialização em Agromarketing

15h45

Painel V: Cooperativismo Feminino

Gracita Barbosa – administradora

Virgínia Scaquete Caceres – gerente Sicredi

Fernanda Diel – gerente de negócios Sicredi

19h

Leilão de Gado de Corte, Realização Leiloboi e Organização BPW/CG (Eva Medeiros, Maria Eloá Rigolin e Jussara Feltrin)

• Sala 1
9h – Preparo de doce pastoso de Laranja com Banana (Oficina Senar/MS – duração de 4 horas com 15 vagas)
14h – Preparo de doce pastoso de Laranja com Banana (Oficina Senar/MS – duração de 4 horas com 15 vagas)

• Sala 2
9h – Boas Técnicas de Produção e Aplicação do Feno no Ciclo Completo do Boi.
Palestrante: Rafael Hendrik Bouwman, diretor comercial Bouwman;
10h15 – Tecnologia e Manejo no Preparo do Solo.
Palestrante: Paulo Padilha, Piccin Tecnologia Agrícola;
14h – Tecnologia de Aplicação de Agroquímicos – Bicos Jacto – Aplicação de Alta Performance.
Palestrante: Rafael Fachini Mamoni;

Mais informações:

CAMPO GRANDE EXPO  

Data: 16 a 20 de julho de 2018

Local: Terra Nova Eventos (Rod Ms 080, Sn, Quadra: 0 Area; Lote: 0A2 – B)

Horário: das 8h às 20h30

www.campograndeexpo.com.br

Fonte: Assessoria/Divulgação