Embrapa participa da Bio Latin America 2018

A Embrapa é uma das empresas que estão apoiando a realização do Bio Latin America 2018, evento que ocorrerá nos dias 4 e 5 de setembro no Hotel Grand Hyatt, em São Paulo, SP. O evento ocorre a cada dois anos e terá como tema, este ano, “One Health in Latin America”. A conferência reunirá executivos de alto nível, líderes dos setores que envolvem a área, formuladores de políticas públicas, empresários, acadêmicos e investidores de todo o mundo para debater tendências, superar desafios do setor, acessar empresas inovadoras, realizar reuniões e descobrir novas oportunidades de negócios.

Segundo os organizadores, o tema deste ano foi escolhido de forma a abordar as diversas áreas que podem promover a saúde humana, dentre elas a agricultura e a pecuária, responsáveis por uma alimentação saudável. Por isso, a participação de pesquisadores e estudiosos da Embrapa é de grande importância para o sucesso do evento.

A Embrapa participará com pelo menos um palestrante no evento. Para retribuir o apoio da Embrapa, a coordenação do Bio Latin America 2018 concedeu desconto especial na inscrição aos parceiros da empresa. Para isso, os interessados em participar do evento devem, no momento da inscrição, inserir o código (48MUG717), para receber o desconto de 10% do valor da inscrição.

A conferência proporcionará a realização de reuniões pré-organizadas entre executivos, com o auxílio de um software de última geração, o BIO One-on-One Partnering™. O formato e a natureza da conferência fazem deste um dos principais eventos de parceria de ciências da vida na América Latina e uma oportunidade de se reunir com as principais empresas de biotecnologia, bioquímicas, farmacêuticas, industriais e internacionais em um único local.

O último encontro realizado, em 2016, contou com 577 participantes de 28 países, 318 companhias, 15 patrocinadores, 23 startups, 18 palestras e ocorreram 625 reuniões privadas.

Startups
A BIO Latin America também terá ações para startups do setor agropecuário. O foco do evento é a realização de negócios, e por isso permitirá que as empresas encontrem parceiros ideais para o seu desenvolvimento. Para isso, serão montados estandes, onde startups terão a oportunidade de apresentar sua tecnologia, e onde também estarão algumas instituições inovadoras do setor.

Também poderão ser realizadas reuniões privadas previamente agendadas e ocorrerão as plenárias, onde os palestrantes compartilharão conhecimento e experiências.

Por ser um evento de âmbito internacional, o Bio Latin America 2018 pode representar para as startups boa chance de explorar não apenas o mercado nacional, mas também de atrair investidores e parceiros de diversos locais do mundo.

Para dar ainda mais destaque às inovações, estão programadas duas competições de startups, quando empresas pré-selecionadas terão a chance de apresentar seus pitches (apresentação direta e curta com o objetivo de vender a ideia da sua startup para um possível investidor) para uma banca de investidores e avaliadores. A chamada para participar da competição (Startup Stadium), já está aberta e tem por objetivo atrair startups das áreas do agro, saúde animal, cosmético, biotecnologia industrial, meio ambiente. As startups que tiverem interesse em participar desse evento devem se inscrever na página (http://biolatinamerica.com/). As startups indicadas pela Embrapa terão um preço especial de inscrição no evento!

A startup que obtiver a maior pontuação na competição será reconhecida como a mais atrativa para receber investimentos em 2018 e garantirá inscrição gratuita para a BIO Convention 2019 ou BIO World Congress 2019, de acordo com o perfil da Startup.

Este evento é preparativo para o evento mundial Bio International Convention (http://convention.bio.org/), que acontecerá entre os dias 3 e 6 de junho de 2019, na Philadelphia, EUA. A língua oficial do evento é o inglês. Haverá tradução simultânea para as palestras, porém não haverá intérprete para os estandes e para as reuniões privadas.

Fonte: Secretaria de Inovação e Negócios Por Jurema Iara Campos