Frango: Mercado internacional é aposta do setor

O mercado de carne de frango segue enfraquecido no Brasil e incertezas relacionadas a grandes empresas do setor deixam agentes ainda mais apreensivos. Com isso, segundo pesquisadores o Cepea, o mercado externo, que tem sido um termômetro da avicultura de carne brasileira, passa a ser o maior foco do setor. Isso porque casos de influenza aviária seguem ocorrendo em vários países, o que pode favorecer os embarques brasileiros, alertam pesquisadores do Cepea.

Na última semana, foram anunciados novos focos da doença na Rússia e no Egito, que são importantes países compradores da carne brasileira. Nesta parcial de 2017, a Rússia e o Egito têm sido, respectivamente, o oitavo e o nono maiores importadores do produto nacional.

No primeiro quadrimestre deste ano, os russos já vinham elevando as compras de carne brasileira, adquirindo volume 9,9% superior ao do mesmo período de 2016, totalizando 31,4 mil toneladas. Já os egípcios recuaram em 9,3% as importações do produto nacional no mesmo período, somando 27,9 mil toneladas nos primeiros quatro meses de 2017.

Fonte: Cepea