Infocafé – 06/08

A bolsa de N.Y finalizou a segunda-feira em alta, a posição setembro oscilou entre a mínima de -0,55 pontos e máxima de +2,40 fechando com +1,00 pts.

O dólar comercial fechou em alta de 0,64%, cotado a R$ 3,7310. Investidores estavam cautelosos com as ameaças de guerra comercial entre os Estados Unidos e diversos países. Nesta semana, os EUA devem impor sanções ao Irã, um dos principais exportadores de petróleo do mundo, o que poderia levar a um desequilíbrio na oferta da matéria-prima no mercado. No Brasil, as atenções continuam voltadas para o cenário político. Na convenções do final de semana, os partidos definiram seus candidatos, vices e coligações.

O boletim da Somar Meteorologia indica que áreas de instabilidade fazem a semana começar com chuva desde o norte do Paraná, até parte do Sudeste do Brasil, onde apenas o norte de Minas segue com tempo seco e quente. Os maiores acumulados de chuva ficam concentrados no sul de Minas e região da Mogiana paulista, com 70mm de chuva registrados pelo menos até a quarta-feira (08). No Triângulo e no Cerrado Mineiro também chove, mas nesta região o acumulado chega no máximo aos 30mm e em pontos bem isolados. No Conilon capixaba serão registrados no máximo 15mm de chuva. A partir do meio desta semana, o tempo fica mais firme no Sudeste e também no Paraná. A temperatura mínima deve cair no final desta semana, mas sem risco para o Café. Semana que vem colta a chover com mais persistência no sul do Brasil, mas ainda com baixos acumulados no Arábica do Paraná. A Região Sudeste terá uma segunda quinzena de Agosto com pouca chuva. Uma nova onda de frio está prevista para o final do mês, mas ainda sem o risco de geada para o Café.

O 17º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo – Prêmio Aldir Alves Teixeira está com o calendário definido, com uma novidade. O valor do lance mínimo no leilão de venda dos lotes finalistas passa a ser 120% acima da cotação B3 (antiga BM&F/Bovespa), do dia anterior ao pregão (antes esse índice era de 80%). Podem participar do concurso os lotes finalistas dos certames regionais do Estado. Cooperativas e associações de produtores tem até o dia 6 de outubro para inscreverem seus lotes. Dias 29 e 30 de outubro ocorrerão às provas e, no dia 31, a divulgação dos finalistas. Os cafés concorrem nas categorias: cereja descascado, naturais, micro lote e nano lote – apenas 20 kg de café excepcional. No dia 18 de dezembro será o lançamento da 16ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes. Para o presidente da Câmara Setorial do Café, Eduardo Carvalhaes, “o concurso tem sido apontado como importante ferramenta para a melhoria da qualidade dos grãos de café, estimulando as boas práticas que conduzem à qualidade e premiando produtores, indústrias de torrefação, cafeterias e empresas exportadoras, tudo resultando em melhoria do valor agregado do produto e do conceito de qualidade do café de São Paulo”. O 17º Concurso e a 16ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo tem como objetivo incentivar a produção de cafés de alta qualidade no Estado de São Paulo, divulgando o conceito de “Café de São Paulo”. O regulamento e demais informações podem ser acessadas no site http://www.sindicafesp.com.br.

Fonte Broadcast Agro

Crédito: Domínio Público/Pixabay