Lançado 1º algodão transgênico de fibra longa

Foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira (31.05), durante a Bahia Farm Show, a primeira variedade brasileira de algodão transgênico de fibra longa. Batizado de BRS 433 FL B2RF, possui comprimento de fibra superior a 32,5 mm e elevada resistência (acima de 34 gf/tex), o que se enquadra nas preferências da indústria têxtil para a fabricação de tecidos finos para roupas.

O lançamento é resultado de uma parceria de mais de 20 anos entre a Embrapa e a Fundação Bahia. “A variedade vem atender uma necessidade dos produtores da região, não só do oeste baiano, mas também do Matopiba e do Centro-Oeste. É uma parceria muito séria, que envolve o trabalho de muitas mãos”, destaca o presidente da Fundação Bahia, Ademar Marçal.

Além dessa, outras duas cultivares de algodão foram apresentadas no evento, ocorrido no município de Luís Eduardo Magalhães (BA). Segundo a Embrapa, os novos materiais apresentam alta produtividade, estabilidade de produção, fibra de elevada qualidade, além da resistência às principais lagartas que atacam o algodoeiro e ao herbicida glifosato. Todas possuem a tecnologia Bollgard II Roundup Ready Flex (B2RF, da Monsanto), que conferem resistência ao herbicida glifosato e a lagartas.

“Hoje, mais do que nunca, o produtor está precisando de variedades com tecnologia, que sejam produtivas e resistentes a doenças, a nematoide e ramulária – que tem criado uma série de problemas. E essas são variedades que realmente fazem a diferença”, conclui.

Fonte: AGROLINK