Mercado de reposição: cotações ganhando firmeza

Desde o começo deste mês o mercado de reposição tem ganhado fôlego

Desde o começo deste mês o mercado de reposição tem ganhado fôlego. Já são duas semanas seguidas de sustentação das referências e na primeira quinzena de julho os preços tiveram valorizações de 0,6%. Esse movimento pode nos indicar que há indícios de reversão do cenário de quedas observado em junho, quando, na média de todos os estados e categorias de animais de reposição, os preços cederam 0,5%.

Contudo, as recentes quedas no mercado futuro do boi gordo trouxeram incertezas e geraram demanda mais contida por categorias mais eradas nos últimos dias. Com as simulações apontando menor atratividade para atividade de engorda em confinamento, o início do segundo giro pode ser adiado, limitando as movimentações no mercado de reposição nos próximos dias.

Por fim, com a demanda enfraquecida, o fator que determinará se haverá espaço para recuos das cotações é o custo de retenção dos animais durante o período da seca. Vale destacar que em algumas regiões como no Sul do Tocantins e Norte de Goiás a estiagem já dura 90 dias.

Fonte: Scot Consultoria

Crédito: Rural Pecuária