Alerta Agroclimático – 08 julho 2016

Previsão do Tempo - 8 de julho de 2016

Um massa de ar polar continua atuando sobre a região Centro-Sul do Brasil e com isso as temperaturas se manterão baixas ao longo dessas próximas madrugadas. Houve registros de formações de geadas em alguns pontos da região leste do Paraná, como em Castro e região de Curitiba. Bem como na Serra da Mantiqueira, no Estado de Minas Gerais. Até o momento não houve registros de dados em nenhuma lavoura, até mesmo nas áreas cafeeiras do sul de Minas Gerais. Além do frio a sexta-feira será marcada pelo tempo aberto em, praticamente, todo o Brasil, uma vez que há previsões de chuvas apenas para a faixa norte da região Norte. Desse modo, as condições se manterão favoráveis à realização da colheita do milho, algodão, café, cana de açúcar e demais culturas.

                No sábado, áreas de instabilidades associadas aos ventos nos altos níveis da atmosfera voltam a se espalhar pelo Sul do País. O dia deverá começar com chuva entre o oeste do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e no decorrer da tarde chove também nas áreas norte e central do Rio Grande do Sul, no leste de Santa Catarina e no sudoeste do Paraná. Entre o noroeste gaúcho e oeste catarinense, as pancadas de chuva ocorrem com moderada a forte intensidade. Somente no extremo sul gaúcho e nas áreas mais ao norte do Paraná, a nebulosidade aumenta, mas não chove. Devido à maior nebulosidade e à chuva, o potencial para formação de geadas diminui, mas as temperaturas continuam mais amenas no decorrer do dia. Nas demais regiões do Brasil o tempo seguirá aberto e sem previsões para chuvas, mas ainda com temperaturas mais baixas. Porém, a massa de ar polar começará a perder forças e, portanto, as temperaturas gradativamente começarão a subir. No domingo, as instabilidades se espalham ainda mais e agora atingem também o norte de Santa Catarina e leste do Paraná. Em toda essa área, o tempo segue mais nublado e com pancadas isoladas  no decorrer dia. Entre o norte do Rio Grande do Sul e sul de Santa Catarina, as pancadas de chuva ocorrem de maneira um pouco mais intensa. Ja no extremo sul e campanha gaúcha além do norte e oeste do Paraná, o tempo segue mais firme. As temperaturas continuam mais amenas no decorrer do dia. E no restante do Brasil, o tempo seguirá aberto e sem previsões para chuvas.

                E a semana que vem será marcada, pelo menos em seu início, por chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, onde tais chuvas irão inviabilizar o andamento do plantio do trigo, mas por outro lado, manterá os solos com bons níveis de umidade, favorecendo o desenvolvimento das lavouras já plantadas. E como as temperaturas irão ganhar elevação, não haverá mais riscos para ocorrências de geadas e assim, as condições seguirão favoráveis ao desenvolvimento das lavouras de inverno. E como no Sudeste, Centro-oeste e também no Matopiba e Pará, o tempo seguirá aberto e sem previsões para chuvas, o começo da semana que vem se manterá favorável a colheita e preparo do solo para o plantio.

image001 image002 image003 image004 image005

Por: Marco Antonio dos Santos

Agrometeorologista

Outras Notícias