Alterações climáticas exigem melhoramento de plantas

Categoria Geral - 23 de abril de 2019

As alterações climáticas exigem que os agricultores comecem a produzir várias culturas e também animais mais adequados às novas condições, ou seja, melhorados geneticamente. Foi isso que indicou um texto publicado no portal AgroPages.com pelo Consultative Group on International Agricultural Research (CGIAR) que é apoiado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

“Pense na última comida que você comeu. Talvez tenha sido uma refeição ou talvez você esteja comendo alguma coisa agora. Você já considerou a quantidade de esforço que se dedicou à criação de plantas e animais para produzir esse alimento? O trigo que foi moído em farinha para o seu pão, a mais recente variedade de maçã e o leite que você adicionou ao seu café – até mesmo o próprio café – foram possíveis graças aos cientistas que melhoraram as culturas e os animais para produzir mais e resistir a maior variedade de condições climáticas, pragas e doenças”, indica.

De acordo com o texto, embora tenha havido críticas contra a Revolução Verde e seus resultados, é amplamente reconhecido que cientistas ajudaram a salvar milhões de vidas através de novas variedades. “Estamos agora enfrentando um desafio semelhante de aumentar o nível de produção de alimentos por causa de uma população crescente e mudanças nas dietas sob as pressões trazidas pela mudança dos padrões climáticos e pela mudança climática”, diz.

“Um pequeno grupo de cientistas de uma mistura de Centros CGIAR que trabalham para antecipar futuras mudanças na agricultura se reuniu na sede da Bioversity International na Itália para discutir como podemos ajudar os criadores a antecipar possíveis necessidades futuras e fornecer informações para ajudá-los a priorizar seus esforços para atender a essas necessidades. O grupo identificou várias lacunas importantes que estão no caminho desses empreendimentos”, concluem.

Por: AGROLINK –Leonardo Gottems


Outras Notícias