Atraso da colheita da soja reduz o plantio do milho safrinha no MT

Agricultura - 9 de Fevereiro de 2018

As máquinas estão no campo para a colheita da soja e o plantio do milho em uma fazenda em Sorriso, no médio norte de Mato Grosso. Este ano, um agricultor vai cultivar 1600 hectares de milho na segunda safra. São 400 a menos no comparativo com a safrinha passada. O produtor precisou refazer o planejamento da fazenda e reduziu a área porque o plantio da soja atrasou. E isso afetou o calendário de outras culturas.

O plantio do milho deverá ser feito até o começo de março. Plantar além disso não é recomendado, porque pode faltar chuva para o desenvolvimento do milharal.

Dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária, o Imea – mostram que a área de cultivo de milho deve sofrer uma redução de 10% em Mato Grosso. A queda na produção deve passar dos 18 % em relação à safra 2017. E com menos milho no mercado, os produtores esperam que o preço do cereal ainda aumente na região.

Fonte:  CENÁRIO MT

Imagem créditos: arquivo

Outras Notícias