Biopesticidas podem controlar lagarta-do-cartucho na África

Agricultura - 11 de janeiro de 2019

“Os produtos biopesticidas para controle da lagarta-do-cartucho já estão comercialmente disponíveis nas Américas”

Alguns países da África afetados pela lagarta-do-cartucho estão implementando medidas emergenciais de larga escala para controlar a praga, incluindo distribuição em massa de pesticidas e também o uso de produtos de controle biológico. No entanto, Melanie Bateman, palestrante no programa ICM Masters em conjunto organizado pela CABI, Universidade de Neuchâtel, na Suíça, afirmou que os biopesticidas são muito mais eficientes.

“Muitos deles se concentram na ampla distribuição e uso de pesticidas. Mas esta não é a solução ideal por vários motivos. Em primeiro lugar, alguns pesticidas são prejudiciais e altamente tóxicos. Em segundo lugar, os pesticidas colocam muitos pequenos agricultores em risco – muitos não estão familiarizados com os produtos e podem não ter o equipamento de proteção para prepará-los e aplicá-los com segurança”, escreveu em um artigo para o portal agropages.com.

De acordo com ela, em um estudo publicado recentemente, os pesquisadores da Universidade mostraram que os biopesticidas apresentam opções seguras de baixo risco para o controle da lagarta-do-cartucho, que podem servir como alternativas viáveis para alguns dos pesticidas convencionais atualmente disponíveis ou em uso na África, muitos dos quais altamente perigosos. Nesse cenário, ela diz que os produtores da África devem seguir o exemplo da América.

“Os produtos biopesticidas para controle da lagarta-do-cartucho já estão comercialmente disponíveis nas Américas e são usados regularmente por agricultores das Américas do Norte e do Sul. Alguns países africanos também estão se movendo nessa direção. Por exemplo, a África do Sul já registrou provisoriamente vários produtos biopesticidas para uso contra a lagarta-do-cartucho, e os testes com biopesticidas estão em andamento em muitos outros países”, conclui.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems


Outras Notícias