Chuva deve ser intensa nos próximos dias

Categoria Geral - 11 de outubro de 2019

Depois de uma semana de tempo seco e altas temperaturas, ultrapassando os 30 graus nesta sexta-feira, o Rio Grande do Sul deve começar a próxima semana com altos volumes de chuva. Entre domingo e segunda-feira a instabilidade volta ao Uruguai e ao estado gaúcho. Com isso as temperaturas também devem ser mais baixas, com máximas na casa dos 18 graus. O cenário pode ser desfavorável para a colheita do trigo que começou no Noroeste e para o plantio de arroz e tabaco.

Ao longo da semana a frente fria também alcança Santa Catarina e Paraná onde os volumes podem ultrapassar os 200 milímetros nesses cinco dias. Na Região Sudeste chuva forte em São Paulo, Sul de Minas Gerais e Rio de Janeiro, com acumulado de 100 milímetros. Em Ribeirão Preto (SP) a estiagem deve seguir até o final do mês quando serão registradas pancadas de chuva e vem um novo período de seca até meados de novembro. A região vive o momento da florada de café. Chuva de menos prejudica e chuva demais também pode interferir na mudança de sabor dos frutos.

O Centro-Oeste também deve registrar chuva que pode ultrapassar os 100 milímetros. Em Alta Floresta (MT) o cenário de seca deve seguir até o final de novembro, intercalado com pancadas isoladas. No final de setembro algumas cidades do Norte de Mato Grosso registraram temporais e até granizo. Com queda de postes granjas de suínos ficarem sem energia. O prejuízo foi calculado em R$ 15 mil.

No Norte pancadas em quase toda a região e no Nordeste clima seco. Em Luís Eduardo Magalhães (BA) previsão de clima seco até o final de novembro.

* Com informações do Climatempo e MetSul Meteorologia

Fonte: Agrolink Por Eliza Maliszewski


Outras Notícias