Clima diminuirá produção de trigo da Índia em 23%

Agricultura - 9 de janeiro de 2019

“Os agricultores indianos estão se adaptando para enfrentar os riscos da mudança climática”

O Ministério de Agricultura da Índia informou que a produção de trigo diminuirá de 6% a 23% até 2050 devido a temperatura, se algumas medidas efetivas não forem tomadas em tempo hábil. Além disso, a produção de trigo pode diminuir em 6.000 quilos para cada aumento de 1 ° C na temperatura.

O Ministério da Agricultura também disse em sua resposta escrita a um comitê parlamentar que plantações como arroz, trigo, milho, sorgo, mostarda, batata, algodão e coco são suscetíveis de serem afetadas pela mudança climática. Isso porque os efeitos das mudanças climáticas e o aumento da poluição causam danos diretos não apenas ao público, mas também à saúde das culturas agrícolas.

Nesse cenário, até 2050 a produção de milho poderá cair 18%. Mas, se forem tomadas as medidas apropriadas, sua produção poderá ser aumentada em 21%. A produção de arroz pode cair de 4% a 6% até 2020 devido às mudanças climáticas. Mas com a intervenção correta, a produção de arroz também pode ser aumentada em 17%-20%.

Enquanto preparava o relatório, o comitê havia solicitado dados dos vários programas agrícolas em vigor, bem como informações sobre quantos estavam ativos e em que grau. O comitê disse que todo o planeta é afetado pela mudança climática, por isso a agricultura foi bastante adversamente afetada. A mudança climática pode afetar negativamente a qualidade da forragem. Com o aumento do dióxido de carbono, há uma diminuição correspondente na quantidade de proteína, zinco, ferro e outros minerais nos grãos.

“Os agricultores indianos estão se adaptando para enfrentar os riscos da mudança climática. Estratégias como melhores variedades de cultivos, diversificação de cultivos, agricultura, manejo de água e gado, agregação de valor, etc. contribuíram para a criação de uma agricultura mais preparada para a mudança climática. No entanto, através de estratégias adaptativas, uma agricultura autossuficiente pode ser criada”, disse o ministério.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems


Outras Notícias