Clima faz mercado norte-americano fechar em baixa

Categoria Geral - 17 de outubro de 2018

“O total colhido da soja norte-americana atinge 39%”

O clima está dificultando a colheita da soja nos Estados Unidos e, com isso, o mercado norte-americano da oleaginosa fechou novamente em baixa. De acordo com o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, os contratos futuros da soja devolveram alguns dos lucros da última segunda-feira (15.10).

“Os futuros de soja devolveram alguns dos ganhos de segunda-feira na ‘Terça-Feira da Volta’, como costumam chamar os Traders este dia da semana que quase sempre é contrário ao da Segunda-Feira. Com isto, o contrato de novembro fechou em queda de 6 cents/bushel”, escreveu o analista.

Ainda segundo Pacheco, os contratos mais próximos de farelo de soja também caíram $4,70/ton curta e os de óleo de soja caíram 10 pontos. As previsões para a próxima semana são de clima seco na maior parte do Cinturão do Milho, o que poderá permitir que a colheita seja retomada em breve.

“Em Iowa e em Minneapolis o atraso é de 31%, em Nebraska de 16% e em Illinois, de 5% Tudo isto permitiu aos Fundos de Investimento realizarem sua tomada de lucros, depois das fortes altas das três últimas sessões”, informou

De acordo com a análise da Consultoria AgResouce (ARC), os fundos especulativos estavam revertendo parte das posições abertas na venda nas primeiras horas do dia da terça-feira. No entanto, o movimento foi descontruído ao longo do dia, que encerrou com reduzido volume de operações.

“O centro e norte do Cinturão Agrícola tem sido o principal prejudicado com este padrão meteorológico de precipitações constantes. O total colhido da soja norte-americana já atinge 39%, passando de um ritmo recorde semanal para o pior progresso no período, em uma semana encharcada”, conclui a consultoria.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems

Outras Notícias