Estudo lista impacto do clima na agricultura dos EUA

Categoria Geral - 13 de dezembro de 2018

“Estamos tentando ter uma ideia geral do que está acontecendo”

Um estudo realizado pela Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, listou os impactos que as mudanças climáticas causaram na agricultura do país norte-americano.  Embora estudos anteriores analisaram a vulnerabilidade das culturas de campo individuais, o que representa um terço da produção agrícola do país, os pesquisadores não têm abordado o escopo completo da produção agrícola, incluindo animais, em todo o país.

De acordo com Ariel Ortiz-Bobea, professor assistente de economia aplicada e administração e um dos desenvolvedores do estudo, as mudanças climáticas estão causando um impacto bastante significativo na produção agrícola dos Estados Unidos. “Estamos tentando ter uma ideia geral do que está acontecendo. Os dados capturam a agricultura de todos os estados nos últimos 50 anos. Se você vir nos dados agregados que algo grande está acontecendo, isso realmente captura processos massivos que afetam muitas pessoas ao mesmo tempo “, comenta.

O estudo, intitulado “Crescente sensibilidade climática da agricultura dos EUA ligado a mudança tecnológica e especialização regional “, foi publicado na revista Science Advances e mostrou quais são as regiões específicas dos EUA que estão se tornando mais sensíveis aos impactos climáticos extremos. A área de maior preocupação é o Centro-Oeste, onde lavouras de sequeiro, como milho e soja, se tornaram cada vez mais vulneráveis a verões mais quentes.

Nesse cenário, os cientistas usaram medidas de produtividade agrícola com captura estadual para saber como insumos como sementes, ração, fertilizantes, equipamentos e herbicidas, tornam-se produtos mais baratos. Os pesquisadores mapearam essa informação com o valor de quase 50 anos de dados climáticos de 1960 a 2004, essencialmente vendo o que aconteceria se o clima fosse tratado como um insumo adicional.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems


Outras Notícias