Exportações de trigo da Argentina tiveram aumento de quase 30%

Agricultura - 5 de Fevereiro de 2018

As exportações de trigo da Argentina deram um forte salto em 2017, com vendas totais de US$2,364 bilhões, 28,6% acima dos US$1,838 bilhões acumulados em 2016, de acordo com um boletim publicado pela Bolsa de Comércio de Rosario.

“As exportações do cereal continuam crescendo e, a este fator, soma-se uma maior diversificação dos destinos finais, o que se relaciona com a maior competitividade que o trigo argentino vem mostrando perante ao mundo”, destacou o boletim.

Em 2017, as exportações foram dirigidas a 48 mercados, enquanto em 2016 foram 39, em 2015, 23 e somente 12 em 2014. O Brasil continua sendo o principal comprador do trigo argentino, mas esta maior diversificação faz com que sua incidência seja menor no mercado de exportação.

Antes do final de janeiro, o trigo embarcado para o Brasil estava próximo de 680.000 toneladas, segundo informação da Reuters. “Este seria um novo recorde para o mês em questão e representa um aumento de 330.000 toneladas em relação à média dos últimos cinco anos”, detalhou a Bolsa.

O trigo foi o produto que gerou o segundo maior aumento – em valores absolutos – no ingresso de divisas para o país, atrás somente de veículos para o transporte de mercadorias.

Para este ano, espera-se que o total exportado pela Argentina alcance as 13 milhões de toneladas, de acordo com dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Fonte: Grupo Trigo

Outras Notícias