Farelo de algodão: preços caíram 22,6% em 2017, frente a 2016

Agricultura - 11 de dezembro de 2017

Segundo levantamento da Scot Consultoria, em novembro, a tonelada do farelo de algodão com 28% de proteína bruta ficou cotada, em média, em R$673,33 em São Paulo, sem o frete.

Apesar dos preços sustentados desde outubro último, acompanhando o mercado de farelo de soja (câmbio e boa demanda mundial), o farelo de algodão está custando 22,6% menos na comparação com igual período do ano passado.

Em curto e médio prazos, a expectativa é de uma demanda menor por farelo de algodão, com a estação chuvosa e melhoria das condições das pastagens no país.

Esta menor movimentação deverá manter os preços do alimento concentrado estáveis nos próximos meses, mas com possibilidade de quedas pontuais.

A partir de fevereiro de 2018, com o avanço da colheita da soja e do esmagamento no país, a expectativa é de uma pressão de baixa maior sobre os preços do farelo de soja e, consequentemente, sobre as cotações dos demais alimentos concentrados proteicos. Isto se tudo ocorrer dentro da normalidade, especialmente com relação ao clima e produtividades das lavouras.

Fonte:  SCOT CONSULTORIA

Outras Notícias