Feijão carioca: previsão é de preços favoráveis para setembro

Categoria Geral - 18 de julho de 2017

Se na semana passada o mercado já foi bastante frio, com pouca demanda e preços baixando, o início desta semana também não foi promissor. Diversas regiões relataram simplesmente não ter compradores.

A ansiedade aumenta para aqueles que pretendem colher de agora em diante e durante o mês de agosto. Os produtores têm seu limite no Centro-Oeste. Comenta-se muito que, no Nordeste, lavouras com baixa tecnologia implicam também em custo de produção proporcionalmente mais baixo. Viver um dia de cada vez acaba sendo o melhor a fazer.

As lavouras do Nordeste serão colhidas durante agosto e setembro. Assim, a melhor reação tem sido, para quem precisa fazer caixa não perder negócios que em seu caso particular ainda deixem uma margem razoável. Os números apontam que em setembro já haverá um superávit bem menor e em outubro , ao que tudo indica, as oportunidades de preços mais favoráveis estarão de volta.

Fonte: IBRAFE

Outras Notícias