Goiás terá norma que limita calendário de plantio do feijão

Agricultura - 28 de Fevereiro de 2018

Para dar maior efetividade ao cumprimento do vazio sanitário do feijão em Goiás, produtores debateram, nessa segunda-feira (26), a criação de um calendário de instalação da cultura, limitando as épocas recomendadas para o plantio, como ocorre na soja. A proposta definida durante reunião na Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) sugere para a semeadura na região Centro-Sul do Estado o período de 6 de outubro a 15 de junho de cada ano, enquanto no Centro-Norte, o calendário proposto vai de 21 de outubro a 30 de junho.

“Esta decisão foi baseada na disponibilidade de cultivares de ciclo mais precoce no Estado, que permitem que, mesmo plantando ao final da janela proposta, as áreas ainda sejam colhidas antes da chegada do vazio”, justifica o consultor técnico da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja-GO) e analista do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária Goiana (IFAG), Cristiano Palavro. Agora a proposta segue para a análise da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e poderá ser implementada com validade ainda para este ano.

Outras Notícias