HF Brasil/Cepea: Bons resultados neste ano dão fôlego ao bataticultor

Agricultura - 18 de outubro de 2020

Cepea – Após amargarem prejuízos em 2017 e 2018, produtores de batata recuperam o fôlego e vêm somando bons resultados desde o ano passado, segundo mostra o Especial Batata 2020 da revista Hortifruti Brasil, publicação do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.

A Equipe de batata do Cepea ressalta que, apesar de em 2019 a cultura ter apresentado retorno positivo, aquele período foi importante para o produtor sair do prejuízo e pagar dívidas dos dois anos anteriores. Em 2020, a pandemia de covid-19 poderia ter voltado a prejudicar a rentabilidade, mas as menores área e produtividade (que mantiveram a oferta controlada e sem excedentes) favoreceram os resultados. E o cenário pode continuar positivo na temporada das águas 2020/21, que está em fase de plantio. Quantos aos custos de produção, estes aumentaram em 2020, diante da forte valorização do dólar, que encareceu insumos, máquinas e implementos – os maiores efeitos da moeda norte-americana foram observados sobre a safra das águas 2020/21.

E os resultados apresentados neste Especial Batata 2020 reforçam a diferença entre a “segurança” em comercializar a produção com a indústria (em que há menor risco de rentabilidade, já que os preços são pré-acordados entre as partes) e a negociação da batata no mercado in natura (em que, em alguns momentos, proporciona rentabilidade bastante alta, mas, em outros, pode resultar em prejuízo). Para 2021, é importante que o produtor tenha muita cautela, tendo em vista que possíveis fortes aumentos na oferta podem pressionar as cotações e desfavorecer a rentabilidade.

Fonte: Cepea


Outras Notícias