Infocafé – 09/01

Categoria Geral - 10 de janeiro de 2019

N.Y. encerrou a quarta-feira em leve alta, a posição março oscilou entre a mínima de -0,70 pontos e a máxima de +1,80 pts, e fechou com +0,25 pts. 

O dólar comercial fechou em queda de 0,75%, a R$ 3,6880 na venda, na segunda baixa seguida. O tom positivo no exterior influenciou os negócios desta quarta, em meio a expectativas de que Estados Unidos e China anunciem algum avanço em relação a um acordo para pôr fim à guerra comercial entre os dois países. Após o fim de mais uma rodada de negociações em Pequim, o gabinete do Representante de Comércio dos EUA afirmou que a China prometeu comprar “um volume substancial” de bens e serviços agrícolas, energéticos e manufaturados dos norte-americanos. No Brasil, sinais de avanço na formulação da proposta de reforma da Previdência deixaram o mercado com expectativas positivas. Na véspera, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a reforma do atual modelo de Previdência será acompanhada pela criação de um regime de capitalização, o que traria mais economia de recursos para o sistema. Nesta quarta, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro decidirá na próxima semana sobre a proposta que será apresentada e enfatizou que a intenção é apresentar um pacote único ao Congresso para reformar o sistema previdenciário, em vez de uma reforma fatiada. 

A exportação mundial de café em novembro de 2018 registrou aumento de 5,7% em comparação com o mesmo mês do ano anterior. Foram embarcados 9,885 milhões de sacas de 60 kg ante 9,352 milhões de sacas em igual mês de 2017. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 8, pela Organização Internacional do Café (OIC). Do total do grão embarcado em novembro de 2018, 6,641 milhões de sacas foram de café arábica (aumento de 6,3% ante os 6,248 milhões de sacas em novembro de 2017). Já a exportação de robusta (conilon) atingiu 3,244 milhões de sacas, alta de 4,5% ante igual mês de 2017 (3,105 milhões de sacas). Conforme a OIC, a exportação mundial da commodity nos dois primeiros meses do ano agrícola 2018/19 (outubro/18 a novembro/18) registrou aumento de 12,7%, para 20,553 milhões de sacas, em comparação com 18,243 milhões de sacas no mesmo período de 2017/18. Nos últimos 12 meses encerrados em novembro de 2018, a exportação de arábica totalizou 78,10 milhões de sacas, em comparação com 75,57 milhões de sacas no mesmo período anterior. O embarque de robusta no período alcançou 46,16 milhões de sacas ante 42,38 milhões de sacas.

Fonte: Mellão Martini

Outras Notícias