Leilão Guatambu, Alvorada e Caty aposta no melhoramento genético massal

Categoria Geral - 17 de outubro de 2020

Tradicional remate chega a sua 48ª edição e será dividido em duas partes que serão realizadas de forma virtual

Um dos mais tradicionais remates da Temporada de Primavera da Pecuária Gaúcha, o Leilão Guatambu, Alvorada e Caty chega a sua 48ª edição. E pelo ano atípico por causa da pandemia relacionada ao novo Coronavírus, desta vez o evento será virtual e dividido em duas etapas. A primeira ocorrerá no próximo dia 27 de outubro, a partir das 20h30min, pelo Canal Terraviva, com a oferta de cem touros das raças Hereford e Braford.

Titular da Estância Guatambu, Valter Pötter, afirma que a oferta do leilão tem vários respaldos. “Em primeiro lugar somos pecuaristas de produção de ciclo completo, ou seja, nós produzimos carne e sabemos muito bem quais são as características de eficiência e produtivas para ter mais produção”, destaca.

Valter lembra também que há mais de 50 anos os criatórios das estâncias trabalham em melhoramento genético por seleção por DEPs, índices genéticos de características produtivas, de carcaça, de adaptação e reprodutiva e, agora mais recentemente, características para resistência. “Os animais este ano vão com DEP genômica para resistência ao carrapato. Vamos apresentar animais com dado genético de maior ou menor resistência para carrapato. Isso vai trazer a longo prazo uma grande vantagem para o pecuarista, com desenvolvimento de linhagens menos afetadas pelo carrapato”, observa.

Fundadores da Conexão Delta G, os criatórios trabalham dentro da base genética do reconhecido programa de melhoramento genético. “Nossa base genética é muito forte e exigente, e também colocamos sempre no remate o suprassumo da produção, ou seja os índices genéticos superiores”, observa o proprietário da Guatambu.
Bernardo Pötter, da Agropecuária Caty, ressalta que os organizadores trabalham intensamente para levar o melhor da oferta genética para a casa dos clientes. “A qualidade e o cuidado na seleção dos animais serão os mesmos de sempre, tudo visando uma homogeneidade, qualificação e facilidade para a escolha dos clientes, proporcionando conforto e o máximo de segurança aos mesmos”, salienta.

A segunda etapa será com a venda de 300 fêmeas e 40 touros no dia 30 de novembro, também de forma virtual às 20h30min pelo Canal Terraviva.

Foto: Rodrigo Alves Vieira/Divulgação
Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective


Outras Notícias