Novembro de chuvas regulares anima produtores no Oeste do Paraná

Agricultura - 31 de outubro de 2019

Tendências do Agronegócio para a safra 2019/20 foi o tema de um encontro que reuniu cerca de 150 produtores e técnicos na Associação da Plantar, em Cascavel/PR.

Na noite de ontem, 29 de outubro, cerca de 150 produtores e técnicos de Cascavel e região estiveram reunidos na Associação da Plantar para discutir as tendências do Agronegócio para a Safra 2019/20. O agrometeorologista da Rural Clima, Marco Antônio dos Santos abriu a programação antecipando que no domingo, dia 03, teremos chuva na região, virando a chave do clima, novembro apresentará chuvas regulares. “Já dezembro está preocupante, pode ter clima igual ao de outubro, com probabilidade de novos veranicos”, alertou.

Segundo ele o grande diferencial estará no manejo, pois podemos ter um novo estresse hídrico. “O Oeste e o Norte do Paraná, ainda o Sul do Mato Grosso do Sul, estão sendo muito penalizados pelo clima nas últimas safras, seja pelo excesso ou pela falta de chuva. Isso tem acontecido pois em anos de neutralidade, ou seja, quando não se tem nenhum fenômeno, essa região acaba sendo muito afetada.”

A previsão da Rural Clima apresenta chuvas normais para fevereiro e março e chuvas prolongadas para abril e maio. “O atraso da soja poderá ser compensado com o milho safrinha. Da para apostar no milho segunda safra”, afirmou Santos.

Mercado – Logo depois o operador e analista de mercado agrícola da Granoeste, Camilo Motter, fez um panorama atual do mercado de soja e milho. Ele apresentou um cenário otimista para soja, visto que na última temporada tivemos uma redução da produção combinada com o aumento do consumo. “Já o sucesso da safrinha de milho vai depender muito do andamento da safra verão, dos fatores climáticos e também do nível dos preços”, explicou Motter.

Fonte: Agrolink c/Inf. Assessoria


Outras Notícias