Possibilidade de El Niño preocupa entidades

Categoria Geral - 21 de setembro de 2018

A World Weather, Inc. acredita que alguns volumes de precipitação ocorrerão irregularmente

 A possibilidade da chegada do fenômeno climático El Niño a partir do mês de setembro, ou seja, no inverno do hemisfério norte, está preocupando algumas entidades ao redor do mundo. Isso porque a seca que prejudicou a colheita em muitos lugares ainda persiste na Europa e em alguns locais do Canadá.

As áreas mais intensas da seca, no entanto, são as do leste da Austrália, da Indonésia e da Malásia e chuvas mais baixas que o normal ocorrem em partes da Índia e das Filipinas. Com as perspectivas do El Niño ainda se aproximando, há um medo crescente de que a seca seja mais séria nos próximos meses, à medida que o fenômeno for evoluindo.

A World Weather, Inc. acredita que alguns volumes de precipitação necessária ainda devam ocorrer de forma irregular nesses países até o fim do mês de setembro. De acordo com as estimativas, a maior parte da chuva esperada, no entanto, provavelmente será mais leve que o normal.

A precipitação será extremamente importante, já que sem ela o solo em cada uma dessas áreas já poderia estar com umidade muito baixa antes do início do El Niño. Nesse cenário, os eventos do El Niño restringem a umidade de atingir o solo, podendo levar a alguns cortes maiores de produção para algumas culturas.

O trigo de inverno, a cevada e a canola começarão a se reproduzir em setembro e isso aumenta a pressão sobre a necessidade de chuva significativa. Enquanto isso, as secas na latitude média na Europa, Ucrânia, Rússia e Canadá provavelmente serão amenizadas com a chegada do verão e do outono, o que deve acabar com o ressecamento crônico e aumentar o potencial para melhorar a umidade do solo.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems

Outras Notícias