Preço da soja volta a subir no Brasil

Agricultura - 11 de setembro de 2019

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a terça-feira (10.09) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 0,77%, para R$ 86,02/saca, contra R$ 85,36/saca do dia anterior. Assim, o acumulado no preço de exportação em setembro reduziu a queda para 2,82%, contra 3,57% de baixa do dia anterior.

“A alta de 1,68% nas cotações da soja em Chicago suplantou com folga a queda de 0,09% do dólar no Brasil, nesta terça-feira. O problema foi a ausência dos compradores chineses pelo segundo dia consecutivo, embora as Tradings ainda estivessem ativas no Brasil. Com isto, os preços médios que os compradores puderam oferecer sobre rodas nos portos brasileiros aumentaram”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Pacheco.

No mercado físico os preços atingiram R$ 88,00 em Paranaguá e R$ 87,00 em Rio Grande. Já no mercado interno o preço subiu 0,38% para R$ 79,87/saca, contra R$ 79,57/saca do dia anterior. Com isto o acumulado do mês de setembro no interior reduziu as perdas para 2,91% (3,27%). No mercado físico doméstico o preço em Passo Fundo chegou a R$ 83,50.

“A China, aparentemente, decide voltar a comprar mais soja americana, reduzindo os prêmios no Brasil Nesta terça-feira, o South China Morning Post (SCMP) afirmou, citando uma fonte, que a China deve passar a comprar mais produtos agrícolas dos EUA na esperança de obter um melhor acordo comercial com os norte-americanos, elevando as expectativas de uma solução na disputa de comércio que já dura um ano (mas, a guerra de informações é a maior de todas). Com isto, arrefeceram as compras chinesas no Brasil, por enquanto. Os prêmios nos portos brasileiros voltaram a cair mais 5 cents/bushel”, conclui Pacheco.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems


Outras Notícias