Primavera do Leste (MT) perde R$ 300 milhões e decreta situação de emergência

Categoria Geral - 21 de julho de 2016

A seca deste ano causou a perda de, pelo menos, metade da produção de milho safrinha em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, provocando um prejuízo estimado de R$ 300 milhões ao município. A estimativa é do secretário de Agricultura, Adriano Voigt. A situação fez com que a prefeitura decretasse situação de emergência. O decreto, de 20 de junho, foi homologado pelo governo do estado nessa terça-feira (19).

O setor agropecuário é a base da economia do município e as perdas financeiras devem afetar as áreas social e econômica, conforme o decreto municipal, que diz ainda que este ano houve irregularidade no período de chuvas, o que prejudicou a produção de milho safrinha.

“Na verdade, diferentemente do Nordeste, as nossas situações de emergência são mais por causa de desarranjo na distribuição das chuvas. Começou a chover mais tarde, em novembro, e parou mais cedo, em abril. Normalmente começa a chover em novembro e para em maio”, disse Voigt.

Segundo o secretário, houve perdas entre 50% e 60% das lavouras, o que dá um prejuízo estimado em R$ 300 milhões. Procurada inicialmente pelos produtores rurais, a prefeitura decretou situação de emergência em junho. O decreto foi homologado em julho pelo governo do estado e foi publicado no Diário Oficial do estado desta quarta-feira (20).

Fonte: G1 – MT

Outras Notícias