Qualidade das fibras do algodão podem ser afetadas por chuva

Categoria Geral - 30 de julho de 2018

Confira como ficará o tempo nas lavouras nesta semana

No início desta semana, a presença de áreas de instabilidade sobre a Região Sudeste irá mudar o padrão seco e causar pancadas de chuva, sobre vários pontos de São Paulo, norte do Paraná, sul do Mato Grosso do Sul, metade sul de Minas Gerais e do Mato Grosso.

Apesar do retorno da chuva, não irão trazer nenhum prejuízo aos produtores, mesmo aqueles que estão em pleno processo de colheita, como é o caso dos produtores de milho, feijão, café e cana-de-açúcar. A tendência é que a chuva seja irregular e de curta duração. No entanto, a instabilidade irá permitir que haja uma mínima elevação dos níveis de umidade do solo, garantindo condições um pouco mais satisfatórias ao desenvolvimento das lavouras. Assim, as pancadas de chuvas irão apenas interromper momentaneamente os processos de colheita e tratos culturais.

Vale salientar que há uma preocupação com as lavouras de algodão do Mato Grosso, pois como é previsto pancadas de chuva para o estado, poderão ocorrer também em áreas produtoras, afetando desse modo, a qualidade das fibras. Algo muito parecido com o que ocorreu em agosto de 2017.

Já nas demais regiões do país, o tempo seguirá firme e sem previsão de chuva. No Sul do Brasil, em que as últimas semanas foram bastante chuvosas e afetaram parte das lavouras de trigo, terá um começo de semana marcado pelo tempo seco e sem chuva. Somente na próxima semana as precipitações devem retornar.

Declínio da temperatura

Há previsão de que no Sul as temperaturas sofram um ligeiro declínio, mas não há riscos para ocorrências de formações de geada ou qualquer outro tipo de dano por temperaturas baixas. Mesmo após a passagem desse sistema chuvoso pelo Sudeste, não há riscos de quedas bruscas nas temperaturas.

Fonte: Climatempo

Crédito: Domínio Público/Pixabay

Outras Notícias