Soja despenca nos Estados Unidos

Agricultura - 28 de março de 2019

Pesa ainda uma perspectiva negativa sobre o embate comercial entre os EUA e China

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (27.03) baixa de 13,25 pontos no contrato de Maio/19, fechando em US$ 8,875 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 12,00 e 13,25 pontos.

Dia de fortes perdas nos principais contratos futuros do mercado norte-americano da soja, com aalta do Dólar e os bons resultados da colheita no Brasil pressionando as cotações. “Mesmo que os EUA e a China acenem para um acordo nos próximos dois meses, enquanto o mercado não ver um movimento efetivo, como um maior volume de compras por parte dos chineses, a soja continuará pressionada. Por isso a forte reação pela elevação do dólar no Brasil”, aponta o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria AgResource, o mercado derreteu em Chicago com a perspectiva negativa sobre o embate comercial entre os EUA e China: “A contínua falta de novidades sobre a reconciliação entre Trump e Jinping elevam as incertezas sobre o lado da especulação que apostava em um fim breve desta ‘guerra política’. Além do mais, a crise sanitária na Ásia tem se intensificado com a dispersão da febre africana no rebanho de suínos. As estimativas mais conservadoras já apontam para um abate total de 1,5 milhão de cabeças na China, na tentativa de controle da doença”.

“Os impactos para o consumo do farelo de soja no país asiático já são observados, e significantes. A dimensão destes prejuízos serão publicados na nossa análise semanal para os clientes ARC. Nos EUA, as exportações de produções agrícolas em janeiro contabilizaram US$11,4 bilhões, sendo o mesmo valor de 2018. A quantidade total em direção a china somou apenas US$791 milhões, sendo US$1,1bi abaixo do ano passado”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems


Outras Notícias