Trigo: preços têm comportamentos distintos nos estados produtores e consumidores

Agricultura - 6 de Fevereiro de 2018

Os preços do trigo no mercado de lotes registraram comportamentos distintos em janeiro entre os principais estados produtores e consumidores do cereal consultados pelo Cepea. As médias do Paraná e do Rio Grande do Sul, maiores produtores, caíram no acumulado de janeiro, devido à maior disponibilidade e também à menor qualidade do trigo, fazendo com que compradores consultados pelo Cepea pressionassem os valores do cereal no momento da aquisição. Já em São Paulo e Santa Catarina, regiões consumidoras, as cotações médias subiram. As altas se devem aos maiores valores externos e também logísticos de importação. No entanto, esses aumentos foram compensados pela desvalorização cambial, que elevou a paridade de importação.

Fonte: Cepea

Outras Notícias