Soja: Cotações avançam pela 4º semana consecutiva, diz Cepea

Mesmo com o fim da colheita de safra nacional recorde, os preços da soja registraram a quarta semana consecutiva de alta. Segundo pesquisadores do Cepea, inicialmente, o impulso foi dado pela retração vendedora, justificada por preços considerados não atrativos; em seguida, a sustentação veio da firme demanda externa; agora, é a maior procura doméstica que puxa as cotações, em disputa com o mercado internacional, por conta da maior paridade de exportação, devido à valorização do dólar.

Além disso, produtores brasileiros consultados pelo Cepea estão atentos ao clima desfavorável ao semeio de grãos nos Estados Unidos, que pode favorecer a comercialização da oleaginosa brasileira. Entre 28 de abril e 5 de maio, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná subiu significativos 2,56%, fechando a R$ 64,88/sc de 60 kg na sexta, 5. O Indicador Paranaguá ESALQ/BM&FBovespa finalizou a R$ 69,71/sc de 60 kg na sexta, aumento de 2,8% em relação à sexta anterior.

Fonte: Cepea