Soja ganha força nos EUA com atraso no plantio

Baixo volume de contratos sendo negociados, com operadores em estado de cautela

Os principais contratos futuros abriram a semana em alta no mercado norte-americano de soja, com muita especulação sobre o atraso no plantio. “O relatório semanal do USDA sobre as lavouras americanas registrou nesta segunda-feira que o plantio de soja (85%) está atrasado, tanto em relação ao ano passado (100%), quanto à média dos últimos 5 anos (97%). As condições das lavouras também não estão boas: apenas 54% estão em condições boas/excelentes, contra 73% na mesma semana do ano passado. Isto poderá dar suporte aos preços de Chicago nesta terça-feira”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

A ARC Mercosul destaca que a sessão na Bolsa de Chicago trouxe ganhos para as cotações da soja e do milho, que encontraram espaço para altas em meio as grandes dúvidas do mercado que pairam sobre a nova safra norte-americana: “A sessão de hoje teve baixo volume de contratos sendo negociados, com operadores em estado de cautela até que novas estimativas de produção sejam publicadas pelo USDA”.

“A principal dúvida especulativa é quanto será a real área plantada nos Estados Unidos, especialmente do milho, mais afetado pelas condições adversas no início da safra. Nesta sexta-feira, 28, o USDA divulgará os números atualizados para área e estoques trimestrais. Até lá a volatilidade deve continuar intensa, precificando cada nova atualização dos principais modelos climáticos”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems

Crédito: DP Pixabay