Soja opera estável em Chicago nesta 4ª feira e se posiciona antes do novo USDA

Às vésperas do novo boletim do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), o mercado da soja mantém sua estabilidade na Bolsa de Chicago na sessão desta quarta-feira (10). As cotações atuam com ligeiras perdas de pouco mais de 2 pontos, por volta de 7h40 (horário de Brasília), com o agosto valendo US$ 8,85 e o novembro US$ 9,03 por bushel.

O mercado aguarda os dados do reporte que chegam nesta quinta-feira, dia 11, para direcionar os preços com mais clareza, segundo explicam analistas e consultores. Os dados de produção e produtividade da nova safra americana são alguns dos mais esperados pelos traders.

Paralelamente, o mercado segue acompanhando também, e ainda muito de perto, as condições de clima do Corn Belt. Com a previsão de um tempo mais quente e seco para as próximas semanas, se espera alguma alívio para as lavouras que já vinham sofrendo com o excesso de umidade e baixas temperaturas nos últimos meses.

Ainda entre os fatores especulados estão as negociações retomadas entre chineses e americanos nesta semana. Os dois países estão em uma trégua e autoridades de ambos voltaram a se reunir para buscar dar fim ao conflito comercial.

Fonte: Notícias Agrícolas Por Carla Mendes