Soja tem potencial para mais altas nos EUA

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na terça-feira (09.07) alta de 6,50 pontos no contrato de Setembro/19, fechando em US$ 8,9175 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 6,50 e 7,50 pontos.

Os principais contratos futuros tiveram mais um dia de ganhos no mercado norte-americano de soja, com desenvolvimento atrasado das lavouras. “Segundo Doug Bergman, da RCM Alternatives, o número continua historicamente baixo e indica que há mais potencial de alta para o mercado de soja”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

A ARC Mercosul destaca que a especulação continua dividida entre atuais condições ruins de desenvolvimento da safra norte-americana e projeções climáticas que trazem potenciais melhoras para as culturas em desenvolvimento vegetal: “Os ‘altistas’ do mercado continuam na expectativa de que os mapas meteorológicos irão se desdobrar com novas intempéries prejudiciais ao milho e soja nos EUA, para a segunda metade de julho”.

“Do outro lado da mesa, os ‘baixistas’ ficam na aposta de que o novo relatório de Oferta e Demanda do USDA, que será publicado nesta quinta-feira, 11, deverá ressaltar uma redução modesta de área para ambas as culturas em questão. O que se confirmado, irá prolongar a pressão aos preços futuros no mercado mundial da soja e do milho. Fundos de gestão ativa seguem com baixa oscilação de contratos líquidos, uma vez que são necessárias mais informações fundamentais sólidas”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems