Apenas com exportações não resolveremos a crise do Agro

Categoria Geral - 25 de julho de 2019

Por Jeferson Rocha*

O Ministério da Agricultura anunciou que 24 estabelecimentos brasileiros foram autorizados a exportar para a China. Contudo, isso está longe de ser a solução para a grave crise enfrentada pelos produtores brasileiros de leite. 

Sabe quanto representa a exportação de leite e derivados do Brasil ao exterior? Apenas 1%. E a importação? 5%.

Devemos recordar que neste ano o Brasil importou leite em pó da Nova Zelândia.

Quem realmente acredita que, com nossa carga tributária – pagando Funrural, Incra, ITR, SENAR, ICMS, PIS, COFINS etc. – seremos, algum dia, competitivos lá fora!?

Podem abrir mercado até com os ETs, mas com esse paquiderme chamado Estado Brasileiro, de sócio, jamais conseguiremos exportar competindo com a UE, Austrália, Nova Zelândia, entre outros tantos países que têm carga tributária menor e, de quebra, subsidiam seus produtores.
É mesma história contada aos arrozeiros… liberamos o mercado para exportar para o México… e daí!? O que isso na prática significa ou significou!? Produtor tem que ter um pouco mais de senso crítico e se fazer respeitar mais.

Hoje, só com ameaça de paralisação, os caminhoneiros conseguiram revogar a nova portaria da ANTT sobre o tabelamento.

Está na hora de os setores do agro em crise se unirem e mostrarem a cara!

Com a reforma previdenciária andando, a MP881 para ser votada (e tudo leva a crer que será aprovada), temos que focar na reforma tributária!

Temos que REDUZIR drasticamente nossa tributação direta e indireta, sobretudo nos insumos!

* Jeferson Rocha é produtor rural, advogado e diretor jurídico da Andaterra.


Outros Artigos