InfoCafé: Cotações

Infocaf� de 22/05/2023
MERCADO INTERNO
BOLSAS N.Y. E B.M.F.
Sul de MinasR$1.080,00
R$1.050,00
Contrato N.Y.
Fechamento
Variação
MogianoR$1.080,00
R$1.050,00
Julho/2023189,20-2,80
Alta Paulista/ParanaenseR$1.060,00R$1.040,00Setembro/2023186,90-2,40
CerradoR$1.080,00
R$1.050,00
Dezembro/2023185,00-2,30
BahianoR$1.060,00R$1.040,00
* Cafés de aspecto bom, com catação de 10% a 20%.
Contrato BMF
Fechamento
Variação
FUT 2023 15% cat SetR$1.040,00R$1.000,00Setembro/2023225,90+1,10
FUT 2024 15% cat Set
R$1.040,00
R$1.000,00
Dezembro/2023224,00-3,00
Dólar Comercial:R$4,9701   

O mercado fechou em baixa nesta segunda-feira (22). Em N.Y. a posição julho operou entre a máxima de +1,75 e a mínima de -5,45 pontos, fechando em -2,80pts.

O Dólar caiu 0,50%, cotado a R$ 4,9701. Embora a agenda econômica desta semana conte com algumas divulgações importantes, como o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos e o Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) no Brasil, ambos na quinta-feira (25), Vitor Miziara, sócio da Perfoma Investimentos, destaca que o que deve movimentar os mercados, em nível global, é a agenda política. O grande destaque é o mesmo das últimas semanas: a renegociação do teto da dívida norte-americana. No Brasil, a agenda política também é destaque, mas com as expectativas de que o texto do novo arcabouço fiscal seja votado nos próximos dias pela Câmara dos Deputados. Fonte: G1.

A produção de café da Colômbia, segundo maior produtor de arábica do mundo, atrás do Brasil, deve alcançar 11,6 milhões de sacas de 60 kg na safra 2023/24, o que corresponde a aumento de cerca de 300 mil sacas em comparação com a estimativa para a safra anterior 2022/23, de 11,3 milhões de sacas, informa o escritório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), em Bogotá. Conforme o USDA, melhoria das condições climáticas para o cultivo do café provavelmente aumentará ligeiramente a produção. O USDA cita previsão do recente relatório do Instituto Colombiano de Meteorologia (Ideam), o qual informa que o fenômeno climático La Niña terminou no início de 2023. Espera-se que as condições neutras continuem até o fenômeno climático El Niño se desenvolver com uma probabilidade de 62% no segundo semestre de 2023, comentou o departamento. Fonte: Money Times.

Fonte: Mellão Martini