21º Simpósio Brasil Sul de Avicultura apoia campanha “Coma Mais Frango”

Categoria Geral - 7 de abril de 2021

Intenção é mostrar os benefícios do consumo e os desafios do cenário atual

A carne de frango é uma proteína de alto valor nutritivo e acessível. Para incentivar seu consumo, o 21º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA), promovido pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) – que inicia nesta terça-feira (6) – apoia a campanha “Coma Mais Frango”, adotada pela Hubbard, patrocinadora do evento, como mote dos seus 100 anos. Todos os participantes do Simpósio receberão, no kit de brindes, um adesivo da campanha.

A iniciativa vem ao encontro da campanha realizada no último ano pelo Nucleovet “Proteína Animal – Do Passado ao Futuro” que promoveu uma série de ações para o incentivo ao consumo de carne. A entidade – que há mais de 20 anos realiza simpósios técnicos focados na difusão de conhecimento, reunindo especialistas e profissionais da cadeia produtiva – entende ser fundamental apoiar ações com foco no aumento de consumo de proteínas por meio da apresentação de informações reais e relevantes sobre o segmento.

O presidente do Nucleovet, Luiz Carlos Giongo, realça que há 21 anos, através do Simpósio de Avicultura, a entidade reúne especialistas que discutem nutrição, sanidade, manejo e qualidade da proteína animal produzida nas granjas e nas agroindústrias. “Agora queremos estar ainda mais engajados com essa cadeia de produção. A proteína animal historicamente foi responsável pela evolução do homem e hoje o crescimento do poder aquisitivo faz as populações consumirem mais proteínas de qualidade. Com a pandemia, a carne de frango se tornou uma opção acessível e nutritiva”.

Giongo frisa que a tendência é o consumidor procurar por cortes menores, de fácil e rápido preparo, para comer no conforto e segurança das suas casas. “Esse consumidor está prestando atenção ao que compra, atento a preço e facilidade de preparo, mas também à qualidade nutricional”, complementa.

O diretor da Hubbard para América do Sul, Carlos Antonio Costa, destaca que a campanha “Coma Mais Frango” é extremamente importante para que os consumidores conheçam cada vez mais esse importante segmento da produção de alimentos. “A carne de frango é uma proteína de alto valor nutritivo, excelente qualidade e que apresenta um custo acessível para todos os consumidores. A produção de frango é extremamente tecnificada e eficiente, o que a torna uma das mais sustentáveis ambientalmente. Apesar do Brasil ser um dos principais produtores, o principal exportador e o consumo anual per capita de carne de frango apresentar números altos, acreditamos que ainda há um ‘gap’ de consumo no Brasil e a campanha ajudará a divulgar ainda mais essa importante proteína”.

Para Costa, a Hubbard, como uma empresa que nos últimos 100 anos esteve na vanguarda tecnológica de pesquisa e desenvolvimento no setor avícola, tem o orgulho de fazer parte dessa causa e ajudar o setor a divulgar e levar uma proteína de qualidade e baixo custo para os lares de toda a população mundial.

Com as restrições de deslocamento, eventos e viagens ocasionados pela pandemia, o consumo de frango em restaurantes e eventos apresentou uma queda em todo o mundo. “No entanto, o frango é um alimento com alta palatabilidade e aceitação em todos os lares, o que o torna uma proteína de eleição nas refeições num momento de maior restrição de deslocamento e também num momento de incertezas econômicas”, sublinha Costa.

Para o setor, as expectativas para este ano são muito positivas, na opinião do diretor da Hubbard, mesmo com as incertezas que se vive mundialmente. “O setor avícola tem crescido, gerado empregos e trabalhado arduamente para que não haja o desabastecimento de proteína animal na casa dos consumidores. Com certeza, o setor irá superar as dificuldades ocasionadas pela pandemia da covid-19, voltará mais forte e continuará a gerar empregos para milhões de brasileiros e a dar orgulho para o País”, conclui Costa.

SIMPÓSIO DE AVICULTURA

Considerado um dos maiores eventos do setor avícola latino-americano, o 21º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA) ocorre desta terça-feira (6) até a quinta-feira (8). O evento é totalmente on-line, a partir de Chapecó (SC). Paralelamente acontece a 12ª Brasil Sul Poultry Fair virtual.

Entre os temas explanados durante a programação científica do simpósio estão comunicação com o consumidor, inteligência artificial e big data, sistema de inspeção brasileira, manejo, prevenção e controle de doenças na cadeia de produção de aves, importância da estrutura da dieta e estresse térmico. As palestras são transmitidas pela internet em alta definição, com tradução simultânea para português e espanhol.

O 21º SBSA tem apoio do Conselho Regional de Medicina Veterinária de SC (CRMV/SC), da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (Somevesc), da Prefeitura de Chapecó, da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Embrapa Suínos e Aves e da Unochapecó.

Mais informações no site: www.nucleovet.com.br/simposio/avicultura.

Fonte: MB Comunicação


Outras Notícias