Clima afeta mercados em todo o mundo

Categoria Geral - 4 de julho de 2019

As anomalias climáticas do mundo tornaram-se significativas o suficiente para finalmente ter alguma influência sobre os futuros de commodities em todo o mundo. As inundações nos Estados Unidos induziram o maior ímpeto para os preços crescentes do milho e da soja nas últimas semanas e o clima da Índia também teve alguma influência junto com a Austrália, China e Canadá.

A World Weather, Inc. está finalizando um estudo que realmente mostra favorecimento para geadas normais e mais cedo do que o normal e congelar datas neste outono. Uma vez que o estudo seja divulgado, haverá um pouco mais de incentivo para o comércio de futuros. Todas essas constatações são baseadas no clima dos EUA. Existem outros lugares no mundo que lidam com clima anômalo, incluindo Canadá, Índia, partes da Europa e Rússia ocidental, China e Austrália. Um dos poucos lugares do mundo que passa por bom tempo é a América do Sul.

A boa notícia é que o El Niño deverá diminuir gradualmente nos próximos meses e, à medida que as anomalias na temperatura do oceano se tornarem menos significativas, o SOI aumentará e o El Niño diminuirá. Ambas as mudanças devem ajudar a suportar maiores chuvas na Índia e, por essa razão, a World Weather, Inc. prevê maiores chuvas em julho e agosto. As mudanças reduzirão parte da atração do mercado pelo padrão de chuvas da Índia, e a especulação sobre um possível padrão de chuvas fracas no verão começará a diminuir. Espera-se que o clima da Índia melhore gradualmente durante o verão, mas pode não ver a precipitação ideal este ano. A Austrália é outro lugar no mundo onde o El Niño teve pelo menos uma mão no pote de frustração com a chuva limitada.

Fonte: Agrolink Por Leonardo Gottems


Outras Notícias