27.7 C
Jatai
InícioNotíciasCategoria GeralSenar-GO: Produção de queijos artesanais

Senar-GO: Produção de queijos artesanais

Com previsão de maior procura no Brasil, Senar Goiás inicia turmas para produção de queijos especiais

Imagina uma tábua com queijo coalho, cabacinha, provolone, minas padrão, colonial e ariche. Essas iguarias são de água na boca. E sabia que não é tão complicado de fazer? A Rosângela está nesse grupo dos apaixonados por queijo. “Eu sempre quis aprender e praticar. Por isso quando soube que tinha o curso do Senar Goiás, que ensinava a fazer todos esses tipos, fiz logo minha inscrição”.

A Rosângela e outras 11 pessoas participaram da primeira turma do Treinamento de Produção Artesanal de Queijos Especiais, realizado de 26 a 28 de abril, no município de São Miguel do Araguaia.

“No treinamento são oferecidas oportunidades de agregar valor ao produto que tem maior durabilidade, sabores mais desenvolvidos e características que despertam a curiosidade de quem vai consumir”, explica Daniela Melo Silva, instrutora do Senar Goiás.

Somente no ano passado, de acordo com dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a produção de queijos no Brasil alcançou 745 mil toneladas e o consumo de 787 mil toneladas. Para este ano, a estimativa de crescimento é de 3%. 

“Goiás é reconhecido como importante mercado de queijos artesanais está em crescente expansão, o estado lançou em 2020 o Selo Arte para pequenos produtores. Assim, além de conseguir atender o mercado interno, também poderá comercializar seus produtos para outros estados. A Assistência Técnica e Gerencial do Senar Goiás (ATeG), através da cadeia da agroindústria, auxila na obtenção desse selo. Já o Treinamento de Produção Artesanal de Queijos Especiais vem para possibilitar ao produtor, agregar valor em seu leite, produzindo queijos com maior valor comercial, queijos que tem pouca disponibilidade no mercado”, detalha Renildo Teixeira, Gerente de Promoção Social do Senar Goiás.

O conteúdo do curso é bem amplo e dinâmico. Veja o que é ensinado:

-Higiene e Segurança na Produção de Alimentos e Bebidas

-A História da Produção de Queijos

-Boas Práticas para a Produção Artesanal de Queijos Especiais

-A Produção e Maturação Artesanal de Queijos Especiais

-A Importância do Selo Arte para o desenvolvimento da Produção de Queijos

-O Mercado de Queijos Especiais Artesanais no Brasil e no Mundo

-O Principais Desafios (Legislação, -Tributação, Oligopólio, -Capacidade de produção, -Logística)

Quem tem interesse em fazer o curso basta procurar o Sindicato Rural da sua região. 

Fonte: Comunicação Sistema Faeg/ Senar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas Publicações

ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS