Vacina contra PSA tem 100% de sucesso

Categoria Geral - 6 de junho de 2020

Apesar do sucesso uma vacina comercialmente disponível exigirá muito mais desenvolvimento

A Peste Suína Africana dizimou grande parte do rebanho suíno da Ásia. Só no primeiro ano de doença foram 5 milhões de animais mortos na China. E continua se alastrando. Nesta semana foram descobertos onze focos na Índia.

A PSA é altamente contagiosa sendo exclusiva de suídeos domésticos e asselvajados (javalis e cruzamentos com suínos domésticos) e não é transmitida ao homem. Considerada um problema de saúde animal grave, impactando sanidade, a doença pode estar perto do fim.

O Instituto Pirbright, do Reino Unido, anunciou que obteve uma taxa de proteção de 100% em testes realizados com uma vacina contra o vírus pertencente à família Asfarviridae, causador da PSA. O estudo foi publicado na revista científica Vaccines.

A vacina vetorizada, usa um vírus não nocivo (o vetor) para entregar oito genes estrategicamente selecionados do genoma do vírus nas células suínas. Uma vez dentro da célula, os genes produzem proteínas virais que estimulam as células imunológicas do porco a responder a uma infecção por PSA. Todos os seis porcos que foram imunizados com a vacina foram protegidos contra doenças graves após o desafio com uma cepa fatal de PSA, embora alguns sinais clínicos da doença tenham se desenvolvido.

Chris Netherton, chefe do grupo de pesquisa acredita que o estudo mostrou pela primeira vez que uma vacina contra a PSA é uma possibilidade realista.

Este tipo de vacina também permitirá a diferenciação de animais infectados daqueles que receberam uma vacina. Esta é uma característica importante, pois permite que programas de vacinação sejam estabelecidos sem sacrificar a capacidade de comércio.

“Nosso próximo passo será descobrir os mecanismos por trás de como as proteínas produzidas pelos genes do vírus estimulam o sistema imunológico, para que possamos refinar e adicionar aqueles incluídos na vacina para melhorar a eficácia”, acrescentou o Dr. Netherton.

Apesar do sucesso uma vacina comercialmente disponível exigirá muito mais desenvolvimento. “Ainda estamos analisando vários anos antes que esteja disponível para os agricultores”, disse Netherton.

Fonte: Agrolik Por Eliza Maliszewski


Outras Notícias